Conceitos

Dentre os conceitos levantados no primeiro dia (28 de novembro) do Fórum: Pensamentos e Ações – Seminário de Cultura e Formação se destacaram os seguintes:

    • identidade
    • alteridade (diálogo com a comunidade/ mapeamento/ aproximação)
    • descontinuidade das ações/ projetos
    • permanente reconstrução dos projetos
    • formação como prioridade
    • descompasso entre os processos educativos formais e os não-formais
    • lugar de encontro dos desejos
    • fortalecimento das discussões
    • apesar das dificuldades é possível fazer
    • repensar o que é formação
    • dificuldades com obtenção de recursos financeiros
    • crise
    • há muitos centros, não um só
    • ações/ projetos sustentáveis

Ao longos dos próximos dias estes temas acima serão mais debatidos e também analisados por nossos convidados e pelos participantes. Acompanhe!

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Desconferência – 28 de novembro

Participaram desta discussão de abertura do evento, os convidados do Itaú Cultural envolvidos nos debates e paineis. Apesar do formato “desconferência”  ser relativamente novo, o seminário apostou nesta dinâmica para, de uma forma descontraída, mas não menos importante, sensibilizar e entrosar os participantes.

Durante as discussões, sem formalidades, os participantes pontuaram e destacamos as considerações:

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Paineis – 28 de novembro

Nos paineis acontecem as apresentações de casos de sucesso na área da formação, e retomam o tema do dia: Arte e Cultura na Vida das Pessoas.

Afonso Oliveira (Método Canavial – PE) atua na Zona da Mata (norte) e trabalha a questão da formação de produtores culturais capazes de viabilizar seus próprios projetos através de editais e incentivos fiscais. Consequentemente esse trabalho valoriza a região, os artistas locais, a tradição oral, preserva a memória, confirma a identidade e resulta na inserção da arte no dia a dia das pessoas que antes não tinham nada e agora tem possibilidade e condições. Luta para que a administração dos meios de produção cultural esteja nas mãos dos produtores locais. 60% de seus projetos são de formação.

Alexandre Sequeira (Nazaré do Mocajuba – PA), o fotógrafo contou como realizou um projeto que levou arte diretamente para as pessoas de um vilarejo isolado no Pará valorizando a identidade local e promovendo a reflexão. Através de uma série de retratos aplicados, o projeto foi realizado com verbas de um edital público e hoje o MASP já adquiriu fotos de Alexandre para a famosa coleção Pirelli e, tirando custos de produção, a renda foi destinada à comunidade local que tem autonomia para usar o dinheiro. Neste video do TEDx Amazonia ele explica em detalhes como se originou o projeto e o impacto dos retratos dos moradores na vila de pescadores na região amazônica.

Lula Gonzaga (Pto de Cultura Cinema de Animação -PE), produtor cultural, desenhista e animador, seu principal projeto leva cinema para quem há muito tempo não frequenta uma sala de exibição ou mesmo nunca viu um filme. O produtor lembrou que 92% das cidades brasileiras não têm cinema e sendo assim, leva cinema nacional às praças e recebe em cada exibição em média 400 pessoas. Também desenvolve projetos de oficinas de desenho animado junto à crianças e adolescentes que aprendem a arte da animação clássica e colocam em prática produzindo seus próprios filmes.

Celso Atayde (Cufa – RJ), o produtor cultural contou um pouco de sua trajetória de vida, que passou pelas ruas do Rio de Janeiro até se tornar escritor do três best sellers em parceria com o rapper Mv Bill e o sociólogo Luiz Eduardo Soares. Seu quarto livro: O Manual dos Basqueteiros, a primeira publicação de basquete de rua que se tem notícia. A Cufa faz quatro programas de tv e no ano que vem inaugura a Universidade da Cidade de Deus em parceria com a UFRJ. Athayde realiza reconhecidos projetos culturais em favelas e periferias de mais de 17 paises atualmente, sendo alguns deles apoiados pela TV Globo e Prefeitura do Rio de Janeiro e outros tantos em parceria com  diversas ongs e fundações. Luta pela democratização da informação, pelo acesso à cultura, pela formação do cidadão protagonista da ação.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Debate – 28 de novembro

Tema do dia: Arte e cultura na vida das pessoas – Ilana Seltzer, mediadora

A mediadora iniciou a atividade e refletiu sobre o tema, ponderou que a arte e  a cultura podem ser sinônimo nos universos simbólicos que dão sentido à vida social. Sendo a cultura com origem coletiva, indeterminada e a arte com origem em indivíduos e grupos de indivíduos específicos A cultura tende à tradição e a longa duração, a arte traz potencial de risco e ruptura. A cultura é difusa em todas as esferas da vida cotidiana, a arte concentra-se em práticas e locais específicos. A cultura se internaliza espontaneamente ao longo da socialização, a arte necessita de oportunidades de familiarização e mediação.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Abertura

Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural fez um breve acolhimento dos convidados e participantes, propondo a efetivação dos projetos ligados à formação .

“Como nós, gestores do Itaú Cultural, podemos provocar, ser parte, dialogar num importante debate sobre o processo de formação? Podemos ser encarados como uma instituição que forma. Temos vontade de aprender com essas conversas e otimizar nossas ações para a formação se manter ativa.”

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | Deixe um comentário

Transmissão ao vivo

Acompanhe a transmissão ao vivo das desconferências, debates e paineis de onde você estiver. Clique aqui e assista ao streaming!*

Para assistir aos videos, há requisitos mínimos de software:

  • Windows XP ou superior;
  • Internet Explorer;
  • Adobe Flash Player;
  • Windows Media Player versão 9 ou superior;
  • Tela ajustada para o mínimo de 1024 x 768 pixels.
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Pensamentos e Ações – Seminário Internacional de Cultura e Formação

Três eixos temáticos nortearão o evento Pensamentos e Ações – Seminário Internacional de Cultura e Formação, que acontece no Itaú Cultural, de 28 a 30 de novembro. Arte e Cultura na Vida das Pessoas; Mediação, Formação e Educação; e Estratégias e Possibilidades. Com o objetivo de discutir formação e arte no Brasil e na América Latina, a partir desses temas, o evento inclui mesas-redondas diárias e painéis de relatos de experiência.

No primeiro dia, 28, a mesa falará sobre Arte e Cultura na Vida das Pessoas, das 16h30 às 19h30. Com mediação de Ilana Seltzer Goldstein, o debate terá como participantes Celio Turino (Cultura Viva e Pontos de Cultura pela América Latina), Jesús Carillo (Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madri, Espanha) e Marcelo Evelin (Núcleo do Dirceu). Turino fará um balanço do programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, que criou mais de 3 mil Pontos de Cultura em cerca de mil municípios. Jesús Carillo falará sobre a atual crise institucional pela qual estão passando os museus de arte. Já Marcelo Evelin contará sobre a experiência do Núcleo do Dirceu, galpão artístico em Teresina (PI) onde são desenvolvidos diversos projetos e criações comprometidas com a autonomia artística horizontal.

Mediação, Formação, Educação é o tema da mesa do dia 29, com mediação de José Marcio Barros e participação de Francisca Caporali (Ja.Ca – Jardim Canadá Centro de Arte e Tecnologia, em Belo Horizonte), Janaína Melo (Escola do Olhar, do Museu de Arte do Rio/MAR) e José Mac Gregor (Instituto de Cultura do Município de Querétaro, no México). Esta mesa propõe uma reflexão sobre o tema em dois eixos: os limites e os alcances da educação não formal e sua relação com a educação formal; e os diferentes agentes que, no mundo contemporâneo, realizam trabalho de formação em arte e cultura.

Mediada por Cibele Rizek, a última mesa, Estratégias e Possibilidades, que acontece no dia 30, os debatedores Carlos Rendon, Fernando García Barros e Ivana Bentes farão uma reflexão sobre metodologias para o desenvolvimento de processos educativos que não eliminem a sensibilidade, a liberdade, a criatividade, a curiosidade, o criticismo e a alteridade. Rendon abordará o projeto Museo y Territorios, estratégia de construção de pontes e de diálogo entre o Museu de Antioquia (Colômbia) e a comunidade. O projeto mARTadero, de Cochabamba (Bolívia), será o caso abordado por Fernando García Barros. Já Ivana Bentes falará sobre os projetos coordenados por ela: Laboratório Cultura Viva, de apoio e fomento à produção audiovisual dos Pontos de Cultura, em parceria com o MinC, e Pontão de Cultura Digital da ECO/UFRJ.

Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário